quinta-feira, 31 de março de 2011

'Madrugada.
Silencio.
A paz se mistura a solidão.

Os pensamentos voam sem destino e caem em você.
[Aliás, eles sempre voltam pra você.]

Vontade de me enfiar nos teus pensamentos
E [re]descobrir a sensação me sentir protegida, cuidada, amada.

Vontade de parar o tempo no momento que me sinto toda tua.
Vontade de me abrigar neste sentimento sem barreiras, sem explicações.
Sentimento este que não se define, se sente.
Que não precisa de palavras, que fala no silencio...'



Ni...

4 comentários:

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Ni,a noite tem disso. Traz uma pseudo paz, travestida de solidão. Beijos. Parabéns pelo texto.

Lua disse...

E se nao temexplicação, seentregue. Ha um sentimento lindo ai.

Intimidadora. disse...

Porque sentimentos não se definem, né? Apenas se sentem, se deixam sentir... que lindo, quanto sentimento, Ni...

Ludmila Melgaço disse...

Nessas horas a madrugada pode ser um problema.