domingo, 17 de outubro de 2010


'Partida:
Dor que dilacera o peito.

Peito:
Pedaço, que na distancia, parece ser maior que o corpo inteiro.

Distancia:
Espaço entre duas pessoas que produz a saudade.

Saudade:
Vazio que chega logo após a Partida...'



Ni...

9 comentários:

Geraldo de Barros disse...

bonito, muito bonito

=)

fiquei até "molinho" com esses versos e essa música,


beijos,
G

Kakah* disse...

Amei...
que lindo...
mt bonito mesmo :D

Parabénss..

Bjinhuss

Pérola Anjos disse...

Saudade, um vazio que pesa.


Beijos carinhosos, flor!

It's me. disse...

E aqui é um dos poucos lugares que falam mais por mim do que as minhas próprias palavras.

Um beijo,

Fran.

ErikaH Azzevedo disse...

Saudade ...ô palavrinha que dilacera...é um vazio sim, mas que tenta se preencher ao trazer o ausente pra mais perto, no pensamento, a uma ponta do olhar de dentro.

Bjos minha NI...

E saudades eu sinto de ti.

Erikah

mia disse...

Acho que essa saudade que estava me corroendo vai levar um pouquinho mais pra cicatrizar... Dolorosamente filosófico. Voltarei :)

Sonia Pallone disse...

Vale sempre a pena, separar um tempo para vir conferir suas atualizações, amiga. Saio daqui renovada, com sabor de poesia, pulsando, à flor da pele...

Priscila Rôde disse...

E dó um tantinho... :)

Sotnas disse...

Olá NI, espero que tudo esteja bem contigo!
Creio que não tão dilacerante para alguns, pois somente dão valor quando o seu desejo está distante.
Encontrei aqui também belos textos, e frases também belas e deveras interessantes.
Parabéns por deixar rastros tão marcantes, tudo de bom pra você e todos ao redor sempre, grande abraço e até mais.
Ah! Se por coisas que não conseguimos explicar, considerar minha visita inoportuna tem todo o direito reservado para deletar-me, mas saiba que gostei demais dos teus rastros!