sexta-feira, 23 de abril de 2010


'Era tanto sentimento que foi impossível arquivar.

Palavras jorravam desordenadas
através dos dedos e dos lábios.


[...]


E ela pensava...

-Ah! Um abraço poderia conter a vazão dessa saudade!'




Ni...

12 comentários:

Cecília disse...

Um abraço pra conter a vazão da saudade é o que quero!!!
Gosto da forma como você escreve: com poucas palavras, mas que falam tudo!

Beijos
Bom final de semana!

Priscila Rôde disse...

Não dá...
transborda.. escorre..escapa..
Um abraço não consegue conter! ;/

Antonio disse...

Quanta ternura cabe num abraço?
Receba o meu e conte (Drumond)
Beijos, NI

Amanda Cabral disse...

que coisa mais linda.
Ob pelo comentário no blog, estou te seguindo
beijinhos :*

Alexandre Fernandes disse...

Ah, um abraço é sempre capaz de conter essa vazão.

Coisa linda. Afeto incomparável.

Beijos Ni.

Se cuide meu anjo.
Um fim de semana maravilhoso.
=)

Lia Araújo disse...

Vaza, transporda!

Bjos querida!

Sonia Pallone disse...

Não existe embriaguez maior do que alma louca do poeta!.. É assim que me sinto ao te ler e acho que é esse o papel da poesia. Remexer com as nossas emoções!

Beijo grande.

Gil disse...

só um abraço demorado, poderia conter as comportas dessa usina de saudade que parece crescer a cada passo que me distancia de quem eu quero.
Lindo!!

João Paulo disse...

Sempre estarei aqui....hahahaha...bjooos Ótima semana.

Kakah* disse...

Oiiii...
Nossa, gostei muito.
Tão simples as palavras, tão pequenas, mas cheia de significados. e o conjunto delas formou um lindo textinho cheio de amor. Muito bom... Adorei!

BJinhuss

Lua disse...

Ah um abraço agora..

ErikaH Azzevedo disse...

É que algumas saudades só se mata na pele,e um abraço é apenas o começo de um caminho que é bem longo.

Um beijo menina NI

Erikah