terça-feira, 20 de abril de 2010


'E ela seguia...

...de mãos dadas com a solidão!'



Ni...

10 comentários:

ErikaH Azzevedo disse...

...Acompanhava-se de si mesmo, do seu próprio sentir, do teu proprio pensar.

Linda a imagem.

Tô aqui viu, eu e minha mãos.

Erikah

Marcelo Mayer disse...

antes só... e toda aquela bobagem

Sonia Pallone disse...

Seu coração poeta enche o meu de admiração e carinho. Bjs.

Kakah* disse...

Lindas palavras *-*
A foto, que linda. amei!

BJinhuss

Nati disse...

Um dia ela passa e tudo renasce.
Beijo

Felipe Braga disse...

"Solidão, foge que eu te encontro, eu já tenho asas."

É, Ni. Esses momentos são necessários. E agora eu acho que uma andorinha pode fazer verão sim. Depende da andorinha.

Beijos.

Priscila Rôde disse...

Desde sempre!

Alexandre Fernandes disse...

A poética é lindíssima. Coisa doce e suave. Tu nos passa essa doçura mesmo sem falar muito.

Pena ser triste. Solidão é...

Beijos floridos Ni.
Se cuida.

Antonio disse...

A solidão é um cálice amargo, afasta ela de ti. Se precisar de um ombro de ofereço dois...
Triste mas lindas suas palavras...
Beijos, querida NI

BAR DO BARDO disse...

Isso é tristinho...