sexta-feira, 27 de novembro de 2009



Tem uma hora que tudo que você precisa é prosseguir.
Mesmo que doa, mesmo sabendo que nunca mais será a mesma pessoa.

Ainda tenho muito o que descobrir sobre mim.
Ainda tenho muito o que descobrir sobre o mundo.

Tenho certeza que a cada [re]descoberta
Encontrarei uma mulher mais forte
escondida debaixo dos destroços.

E viva a dor que nos faz crescer...!
Tim-tim...!



Ni...

9 comentários:

Marcelo Mayer disse...

na "doença" é que nos encontramos e tempos tempo pra pensar só em nós mesmos.

belo!

(Carlos Soares) disse...

Só é capaz de recomeçar se for em frente. Ficar estagnada, não evoluirá,se manterá na mesma situação e essa você não quer mais.Beijos

Juliano disse...

Na dor e na desilusão, é quando a gente cresce mais. A gente aprendi mais sobre nossos próprios comportamentos, sendo assim nos [re]descobrindo cada vez mais.!

Beijoooos Ni.!

disse...

Tim-tim!! Um brinde à vida e às suas peças que nos exigem a cada tropeço, uma nova (re)descoberta...
Beijos, moça ;)

Felipe Braga disse...

Brindemos!
Enquanto há vida, há dor. Havendo dor, há aprendizado.
Brindemos à sabedoria, à tua inspiração!

Beijos.

Lua disse...

Tim-tim as descobertas da mulher mais forte!

bom fim de semana, beijos!

Kakah* disse...

Oláá
Lindo!
Viver a dor, pois ela nos faz viver...
Difícil, mas possivel.
Seríamos mt mais fortes se encarassemos a dor de frente, porém nos mantemos quietos e continuamos, não fracos, mas sem aprender. Bom, adorei... Boa reflexição!

BJinhuss

Flor disse...

Adotei o trecho da canção: "se nenhum amor dura pra sempre nenhuma dor também"

pena que tá demorando muito tempo...

Gil Façanha disse...

A sabedoria de se aprender com a dor,com os erros, é para pessoas maduras de alma... Parabéns... Isso é raro. Sigo seus passos, compartilho de suas expressões mais profundas.