segunda-feira, 16 de novembro de 2009



Sinto o desejo entorpecendo meus sentidos.

Tudo em mim clama por tua boca, tuas mãos,
pelo teu cheiro.

Meu corpo se transforma em vulcão
Enquanto meus poros derramam fogo liquido.


Aonde está você que não aqui, dentro de mim?



Ni...

11 comentários:

Marcelo Mayer disse...

fumando um cigarro

Bia disse...

Ui mana!
Tu sabe que não posso ver essas coisas, sou uma pobre moça encalhada...kkkk

Beijão pra vc!

Lua disse...

Que tocante..

Boa semana e beijos!

(Carlos Soares) disse...

Apelos. Como nosso corpo faz apelos

Menina mulher. disse...

Uau...
Quente...
Estimulante...

Sonia Pallone disse...

Perfeito esse cenário, feito de imagem, palavras e sons que a gente adivinha... Pura magia de amor no ar!...Bjs

Felipe Braga disse...

As palavras emanam de ti com tantos sentimentos! Fica sempre um gostinho de quero mais. rs

Beijos.

Vinícius Aguiar disse...

Como vc consegue descrever algo tão intenso em tão poucas palavras??
Lindo, parabéns!

beijos!

Y a s h a disse...

"Dos nossos planos é que tenho mais saudade. Quando olhávamos juntos na mesma direção. Aonde está você agora, além de aqui dentro de mim?"

Antonio disse...

Muito intenso esse texto, nem sei o que dizer. Deixei dois rastros na tua comunidade. Insanidade temporária.
Beijos, NI

Gil Façanha disse...

Ni.... Caramba, já estava me identificando com seus textos, mas esse... CArambaaaaa.... Sem palavras. Parece que estou lendo os meus próprios sentimentos. Muito bom mesmo.