sexta-feira, 19 de setembro de 2008


São tantos “pra sempre” que se acabam...

A vida é recheada de sonhos que ficam para atrás nas curvas do dia-a-dia. Coisas que nos pareciam essenciais, são substituídas por outras no instante seguinte.
Pessoas que entram e saem da nossa vida ao vento de uma piscadela...

Algumas mudanças são fáceis... Outras doem na alma.

Temos certezas que se tornam, repentinamente, uma grande incerteza.

Existem as alterações que fazemos por conta própria, por achar que ali está o caminho que levará a felicidade...
Outras nos são impostas, por pessoas ou circunstancias aleatórias a nossa vontade.

Mas todas causam algum tipo de efeito.
Uma mudança na essência, que só o futuro nos dirá se este “bater das asas da borboleta” alterou positivamente o rumo da nossa história.

Mas, apesar de tudo, não importando o que a vida nos reserva, viver sempre é uma doce aventura!

Ni...





Mimo que ganhei da BiahH_TrixX

24 comentários:

Átila Siqueira. disse...

As vezes eu me surpreendo com a transitividade da vida. É assustador na verdade. Pensar que um dia as coisas são de um jeito, e no outro podem estar diferente, isso é muito estranho.

Essas mudanças, tantas, nos causam também grande insegurança. Um dia uma pessoa faz parte de nossas vidas, e no outro ela nem se lembra que existimos. Ou então, um dia uma pessoa está ao nosso lado, conversando, e no outro ela foi embora para sempre.

Pensar em tudo isso, as vezes me entristece, mesmo sabendo que podem vir coisas boas pela frente. O medo de perder certas coisas é algo muito enlouquecedor.

Seu texto e seu blog são lindos. Parabéns.

Um grande abraço,
Átila Siqueira.

Vinícius Aguiar disse...

Linda e conveniente reflexão! Que todos possamos sempre repensar nossas vidas a cada segundo que se passa, pois é algo extremamente mutável, e o dia de hoje jamais voltará!
Beijos!

Leonardo Werneck disse...

Viver é uma aventura perigosa demais,precisamos estar sempre preparados para as surpresas do caminho.

Beijos

Filipe Macedo disse...

Obrigado minha querida.....muitos bons ventos em sua vida!!

O Profeta disse...

Frágil e palpitante luz
A beleza é feita de ternos murmúrios
A voz quebra a quietude do silêncio
A chuva leva a terra ao encontro dos rios

Não há fracassos no sonho
Caminhei nas nuvens para te ver do alto
Abri os braços ao relâmpago
Desci à terra, senti nos pés o frio basalto


Vem comigo escolher o caminho

Bom domingo


Mágico beijo

Dayane disse...

Viver as vezes doi de mais,da ateh ontade de desistir.Mas eh ai que temos que aprender om erros =/.
Obrigada pelos selo querida ^^.

Francine Esqueda disse...

Até que enfim... Depois da semana agitada estou de volta à internet. Senti falta daqui! Passar aqui é sentir-se como esta fotografia! Vou roubá-la, posso? Rss...
Agradeço sua visita e os comentários! Nao demore para voltar!!
Bom fim de semana.
Abraços

Anônimo disse...

"Pra sempre" e "nunca" são expressões e palavra que não existem...São ilusórias...
Vc disse:
"Existem as alterações que fazemos por conta própria, por achar que ali está o caminho que levará a felicidade...
Outras nos são impostas, por pessoas ou circunstancias aleatórias a nossa vontade".
Discordo, Tudo o que nos acontece é porque permitimnos...
Pra viver a vida é preciso coragem, muita coragem...
Então, para enfrentar as incertezas e as viscissitude da vida....
concentre-se, respire fundo, bem fundo, deixe o ar fluir por todo o seu corpo, se entregue a este momento de paz, continue a respirar fundo, sinta a paz do momento, se entregue ao desconhecido, pronto
vai acabar flutuando e descobrindo sentimentos ocultos, deliciosos, sonhe, viaje....e vá até o infinito
Vá em busca da Terra do Nunca... siga a Sininho...
Desculpe, às vezes sinto que
eu não pertenço a este mundo, estou muito longe daqui, vivo no universo infinito, entre as estrelas, solto no espaço, isso do ponto de vista emocional, pq do ponto de vista material, de trabalho, estou ligado à terra,quem sabe um dia eu consiga equilibrar isso, será?
Sua reflexão sobre a VIDA me fez divagar assim, desculpe se me estendi tanto. Simpesmente não resiti.
Minha admiração e meus respeitos a vc.
Beijossssssssssssssssss

Jaya disse...

Ni,

Tão estranha essa noção do "tudo passa". Até o pra sempre, passa. E melhor ainda é saber que é sempre doce, essa vida. Não o tempo inteiro, pra não enjoar. Mas doce em sua dose exata.

Moça, você é uma delícia. Só agora pude vir agradecer o selinho lindo que você me presenteou ali embaixo. Amei! Bom demais receber mimo teu, viu? :]

Meu beijo.

Emely disse...

...acredito q a essencia nunca muda, mais o Bater de asas dessa linda borboleta pode levar ao futuro mais Feliz !!!

=*
Bjus Linda Ni

Maria Fernanda disse...

Eba, obrigada pelo mimo :DDD adoro receber presentes :)

E gostei do que li.
Impressiona-me como as coisas se encaixam ao nosso estado de espírito. Aqui, mais um "pra sempre" acabou também.

Violeta disse...

e viver é tão bom mesmo...
beijos
=)

Ni ... disse...

Átila... obrigada por sempre estar por aqui, apreciando...

Vinícius... Q realmente possamos entender isso... ;-)

Leonardo... Mas se não tivesse surpresas seria sem graça por demais... rs

Filipe... vc merece menino!!

Profeta... obrigada pela presença... ;-)

Dayane... sim, temos q encarar a vida como um constante aprendizado...

Francine... fique à vontade... rsrs...
Volte sempre moça...

Tony... vc realmente é um ser diferente... por isso gosto tanto de ti!!!

Jaya... vc escreve q é uma delicia, com certeza mereceu o mimo ;-)

Emely... Tem toda razão... gosto demais de tua presença...

Maria Fernanda... Vc merece o mimo dona moça !! rs
O tempo todo 'pra sempre' se vão...

Violeta...Sim, mesmo qdo é chato, é bom... rsrs...

Beijo e mais beijos!!

Adriano DiCarvalho disse...

Re-li três vezes para tentar não sair daqui com uma impressão errônea do seu manifesto. Da primeira vez que li, achei triste. Da segunda achei bem triste. Mas depois e adiante, enxerguei uma força sub-humana de superação e positividade. Vou sair daqui com a mensagem que mais me tocou. A de que apesar de tudo e de todos, ainda vale a pena VIVER!

BJS< MOÇA!

Adriano DiCarvalho disse...

Quase que me esqueço de te parabenizar pelo selinho mais que merecido.rs

BJS

MaNú disse...

Ni, querida recebi seu email, meu blog é esse:
http://manu-amorprasentirenopraentender.blogspot.com
Fique á vontade para visitar-me!
Bjks...

Ana Amelia Teixeira disse...

cada cabeça uma sentença;
mas tudo vale como aprendizado...
mil bjuxx!!!

Thiago disse...

é quando concordamos com a Cássia Eller quando ela afirmou que 'o pra sempre, SEMPRE acaba'

fato.

Paulinha disse...

Ei lindona... estou recomeçando.. as madrugadas voltaram a me inspirar!
Beijinhos...

ALF disse...

As vezes é ruim esquecer o quão maravilhoso é viver e amar e deixar essa essência todo dia se irradiar, por entre nós...

Lindo e sensível.


Beijos

kinha disse...

Sempre, seeeeempre é uma doce aventura !


Amei o seu blog, e te adicionei, oks ?


Beijos !

Camilla disse...

Eu queria que os "para sempre" fossem "para sempre". Não todos, mas alguns.

Beijos

BiahH_TrixX disse...

"A vida é recheada de sonhos que ficam para atrás nas curvas do dia-a-dia"

queria encontrar os meus =/

gosto daqui,me conforta,me faz pensar..me faz bem..=]

bjokas.

Tatiana C. Mendes disse...

Moça, e é a mais pura verdade... “A vida é uma verdadeira aventura”. E nós, enquanto meros seres humanos somos complexos, e como somos! Horas queremos isso, outras aquilo... São tantas vontades, tantos quereres, que você colocou de maneira certeira: “ao vento de uma piscadela”.

Por varias vezes já me defini como insustentável... Justamente por tal fato. Por hoje ser isso, amanhã aquilo. Confesso que em essência sempre sou a mesma, essência que tange a mim, somente, interior. Claro que mudo no decorrer dos dias, e por menor que sejam as mudanças, elas se fazem, e surtem efeitos futuros. Mas com relação a outrem, exteriores, insustentavelmente imponderável me faço a cada dia mais.

Portanto, para findar e não ficar cansativa... Fico feliz ao ler o que escrevestes. Afinal, não sou eu uma insustentável ambulante, é a vida, que além de aventureira, é intrigante – e nos intriga a cada dia mais.

Beijos,
Tatiana C.