terça-feira, 14 de setembro de 2010


'Começa como uma cosquinha no coração
E se espalha por todo o corpo.

As estações internas vão mudando.
O sorriso brota mais fácil,
a ternura vai tomando conta...


...Ah, como o amor clareia o dia!'




Ni...

3 comentários:

Sonia Pallone disse...

Quando a poesia encontra abrigo, é sinal de que as águas passaram sob a ponte e tomaram seu rumo... A sua fica aqui, em meu coração...Bjs.

றαscαrαdα disse...

é uma cosquinha gostosa de se sentir
daquelas que não queremos que pare nunca.

Kakah* disse...

Sem muito o que dizer.
Simplesmente LINDO!
Amei...

Bjinhuss