sábado, 18 de abril de 2009


Vontade imensa de ficar sentada no topo do mundo
vendo a vida passar...

Ficar quietinha, sem pensar em nada,
sem tomar nenhuma atitude,
simplesmente curtindo o vento gostoso
que refresca as ideias e traz a paz.

Ando tão cansada de não sei o que.
Confusão interna na tranquilidade externa.

Algo totalmente sem explicação...

Fecho os olhos e deixo que a brisa vá levando este marasmo...

Sei que por aqui, esta calmaria dura pouco,
logo voltarei aquela correria que me move em frente...
...E que me faz uma pessoa feliz!

Ni...

9 comentários:

Bia disse...

Mana, toda vez que estou lendo seus textos é como se estivesse ouvindo tua voz os lendo para mim...rsrs

Beijão!

Sonia Pallone disse...

Seu poema acaba sempre pulsando, feito um coração apaixonado...E o som de Vander Lee em sintonia com sua poesia ficou perfeito... Bjs minha linda

www.solidaodealma2.blogspot.com

O Profeta disse...

Mas um beijo às vezes
Faz parar o tempo em seu desvario
Arranca mil sentires à alma
Voa no celeste preso em terno fio

Liberta esta lava incandescente
Transbordante em teu peito palpitante
Dá-te as asas de um pássaro azul
Transforma o eterno em sublime instante



Bom domingo


Doce beijo

Dayane disse...

Nossa Ni,vc sumiu do meu bloguinho =(!

Sol Brito disse...

Oi Ni...Também adoro seu Blog e tudo que escreve! O engraçado é que você escreve exatamente o que estava precisando ler e quando não é assim, escreve algo que eu gosto muito de saber..rsrsrs

Continue escrevendo pois continuarei vindo diariamente aqui!!!

Beijos e ótima semana!!

Anônimo disse...

Minha querida amiga NI,

Seus escritos são o alimento de minha alma. Não vivo sem eles.
Beijo e saudade

Salve Jorge disse...

Em tempos de calmaria
Que deveria ser todo dia
O que se deveria
É aproveitar as brisas dessas cercanias
Que se tudo passa
Ainda assim não perde a graça
Passear sem destino pela praça
Que se a vida normalmente se embaraça
A gente por teimosia
Rechaça
E com simpatia
Um vida vadia
Abraça...

Aline Romero disse...

Ahhh descançar faz muito bem, mas eu sinceramente não sei mais viver sem a minha doce correria...!
Bom descanço, então =)

Ni ... disse...

Maninha, fico feliz em saber que consigo estar pertinho de vc através deles... rs

Sonia...
Talvez seja pq meu coração pulsa por demais... rs
Obrigada, querida...

Profeta...
Obrigada pelo poema lindo...
Volte mais vezes, será sempre bem vindo.

Dayane..
Sumi de todos.. rs...
Mas voltarei.. saudade!

Sol...
Bom saber que meus textos te agradam...
Sempre falam do fundo do meu coração...

Tony...
Vc é meu fã incondicional... rs...
Gosto demais disso ;-)

Salve Jorge..
Bom demais ter sua presença...
Ainda mais acompanhada com a sua inspiraçao...

Aline...
O vicio da correria é mesmo doce... rs


Beijo e mais beijos...