terça-feira, 5 de agosto de 2008

O dia corre lento.
As horas se arrastam.
E o relógio não para
Em seu tic-tac constante.

Ela sente o peso da solidão,
Angustiando, sufocando...

Sumo sai de seus olhos,
De tão espremido que está seu coração.

Mas ela sabe que não pode sucumbir...

Sacode a poeira da tristeza,
Veste a armadura da resignação,
E prossegue... Sempre...
Com a certeza que encontrará a felicidade ali...
Ao virar a esquina.

Ni...

22 comentários:

Ana Luisa disse...

"Sumo sai de seus olhos,
De tão espremido que está seu coração."

Nossa...sei exatamente como é isso. E a melhor parte de toda a história é saber que outros sumos saírão, mas agora pelo coração estar cheio, serão sumos de alegria e realização.

Mil beijos.

Cris... disse...

Ei, então vira essa esquina logo, lindona! Que vc. merece! Bjão!

GANDALF disse...

Ai, ai, mocinha que gosto muitão. Gostei dessa frase "sumo sai de seus olhos, de tão espremido que está seu coração"...
Fim de semana tá chegando, isso vai passar logo, logo.
Beijo carinhoso

Anônimo disse...

Não gosto de te ver assim, tua solidão me incomoda muito, sobretudo porque não me é permitido alçar vôo de imediato e pousar naquela esquina me apresentando assim: "Aqui estou eu, sou a felicidade que procuras."
E lá eu ficaria pra sempre, como teu servo, pra que nunca mais sentisses solidão.
Sonhar pode?

disse...

ÈÈÈ e a felicidade pode até tardar, MAS NÃO FALHAR ELA NUNCA FALHA

SEMPRE APARECE PARA QUALQUER UM QUE SEJA!

BJOOS
Adooreiiii aqui!

Emely disse...

E encontrará!
=)

Camilla disse...

O triste é lembrar que o relógio não pára para que nossas angústias saiam da gente. Ele continua a trabalhar e nós continuamos perdendo nosso precioso tempo.

Tbm me sinto assim.

Linda a música. É da trilha sonora de Cidade dos Anjos.

BjoOs

Vinícius Aguiar disse...

Definitivamente vc tem um do poético... sabe concordar a métrica com o ritmo de forma divina!! Parabéns!

Rebeca disse...

Dra,

Pras bandas de cá o mar está pra beijo...rs

Beijo, amo tu.

-

débora disse...

Sinta-se em casa minha cara, te convido a tomar um caffe au leit toda semana.

Antônio disse...

Oi, Ni!

Claro que tu pode linkar meu blog. Com todo o gosto! =)

Obrigado pela visita, teus versos também são inspiradores.

Beijo!

Kêco disse...

..e mesmo que a felicidade nao esteja logo ao dobrar a esquina,você sabe que terá de seguir em frente.
Parabéns.

Olha,sobre seu comment no meu blog,obrigado.De verdade,mas tenho de ser honesto: é muito mais por teimosia do que dom ! hehehe..

Santhiago Ramirez disse...

Que delícia de versos! Fiquei com a sensação de silêncio e de esperança, as duas juntas. Emocionado.
Beijos carinhosos do Thiago!

edson marques disse...

Ni,


Belíssimo poema!


Abraços, flores, estrelas..

Patrícia disse...

Ai que saudade daqui!!!
Lindo como sempre...
A falta de tempo me fez ficar ausente, mas não conseguiu me fazer esquecer desse lugar encantador!
Gosto muito de ti!
Beijos

BiahH_TrixX disse...

Seus textos são sempre tão perfeitos ^^

Bjokas=**

Ana Amélia Teixeira disse...

Eita saudade!!!
bjuxxx!!!!

Camilla disse...

"Com a certeza que encontrará a felicidade ali...Ao virar a esquina."

Disse tudo!!

Me, Myself and I disse...

..virei a esquina um milhão de vezes , no fim senti a verdadeira sensação de estar andando em círculos , o Amor de verdade é quando ele não muda de casa .

Um show .
Beijo

Tatah Marley's Confissões disse...

LINNNNDO!
As vzs tenho essa certeza, mais muitas outras, me sinto desestimulada.
Mais acredito que a felicidade, nós que fazemos!
Adorei!
beeeijo

Aline Romero disse...

É... Encare a tristeza como uma visita chata. Ele chega no seu coração, domina seu sofá, sua TV e abre a geladeira pra acabar com suas compras do mês - e ainda exije que voce de atenção pra ela! Então faça o contrario: quando esquecer-se dele,e mostrar que ela não te enfraquece, ela cansa. E vai bater na porta de alguém que, desprevenido, de valor a ela...
Abraço saudoso!

Ju disse...

muito poético!
muito bonito!