sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008



Sou confusa.
Definitivamente confusa.
No mesmo momento que quero
Já não quero...
Tenho opiniões fortes, brigo por aquilo que acredito.
Mas, muitas vezes, nem sei mais
se realmente creio naquilo...

Confusa... Definitivamente confusa...

Aí que entra o mais interessante...
Você é uma das poucas coisas na vida que me dão certeza...
Ao seu lado tudo se torna certo, real e completo...
Em você encontro o prumo,
o caminho que devo trilhar...
Mesmo com toda esta distância que a vida nos impõe,
tenho certeza que me carrega sempre contigo
e saber disto faz meu coração transbordar em alegria...

4 comentários:

Ana Cris disse...

MINHA AMIGA QUE DELICIA ESTE LUGAR. A MÚSICA É INCRÍVEL E OS TEXTOS DELICIOSOS. VOLTO SEMPRE VIU? TE AMO

CORINGA disse...

Se me permite, julgava que meu tempo estava se esgotando e minhas forças se exaurindo, a esperança me abandonando...Mas, depois de tudo o que li aqui sinto-me renovado e pronto pra continuar a busca por um amor tão intenso como o que seus escritos revelam.
Obrigado!!!
Por um momento, recentemente, julguei te-lo encontrado mas me enganei, uma vez mais.
Que sina !!!
Bologna será minha derradeira tentativa, se não a encontrar lá então...
Que sua felicidade seja eterna,NI.
Beijo

Tatiana disse...

Querida amiga, como você e eu podemos pensar e sentir as coisas de uma forma tão parecidas? Sabia que seus textos se encaixam perfeitamente nos meus sentimentos? Amo você! Bjs

Jack Rabelo disse...

Se eu pudesse me descrever em uma única palavra, esta seria: Confuso.

Não está sozinha...