segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008


Quero te sentir perto,
Mas sinto longe...

Quero me sentir desejada,
Mas me sinto relegada...

Quero me sentir amada,
Mas me sinto abandonada...

Quero...
Ah! Como quero...

Quero sempre e tanto
Que não consigo mais
Lidar com meus rompantes...

6 comentários:

Cris(precisotantoaproveitarvoce.zip.net disse...

Porque há sempre "um querer" que tão intenso não cabe na gente, rompe mesmo...Mas, penso que o que sobra, transborda... mil vezes pecar pelo excesso... Bjo minha doutora maluquinha... rs! To di saudade docê, sabia?

Dilean de Bragança disse...

Minha querida NI.
Fiquei mt feliz com sua visitinha durante minha forçosa hibernagem.
Deus tem cuidado do meu coração inlutado e amigos como você me animam a prosseguir.

Gosto de ver a forma que expressa seus sentimentos através de palavras.Intimista e desnudando alma.

Meu carinho e sincero afeto sempre.
Bjus e carinhos.

Tatiana C. Mendes disse...

Cuidado... Ou não... Quando queremos, acontece. Reflita, será que é realmente isso tudo que você quer? Ou de quem é...

Também quero!

Obrigada pela visita... Seu espaço está lindo e aconchegante, como sempre. Também é muito bom te encontrar, não só nas palavras, mas principalmente em seus sentimentos expressos através delas.

Um beijo!

~*Rebeca*~ disse...

Ah Dra, o que seria de nós reles mortais, se o amor não existisse???
Tão bom escrever o sentir...

Eu sinto que vc sente.

Beijo, Nivinha linda da Re.

-

Flávia disse...

Olá.......

Por intermédio do namoradinho (Jackie)Visão masculina, achei aqui.

Gostei daqui, muito intenso os textos.

Aparece lá!!!!

Anônimo disse...

Fosse eu o "muso" que te inspira eu te juro que iria te amar tanto, te desejar tanto, que jamais irias te sentir abandonada ou não desejada.
Mas, desgraçadamente, não sou ele.

E essa canção...lindissima:

"cada dia que passo sem sua presença sou um presidiário cumprindo sentença...
"teu sangue correndo em minha veia, teu cheiro morando em meus pulmões"...

Quase morri de emoção.
Que esse seu amor seja "eterno em quanto dure" como disse o Vinicius.

Beijo, linda poetisa